Maçonaria Feminina, em Portugal

 

Algumas referências históricas sobre a Maçonaria feminina:

A Maçonaria feminina teve o seu  início em Portugal, durante a I República, onde foi criada a primeira " Loja Feminina de Adopção", por Adelaide Cabete  que foi uma das grandes defensoras dos Direitos das Mulheres.


Esta loja foi apoiada pelo G.O.L.U-Grande Oriente Lusitano Unido, (precursor do Grande Oriente Lusitano) e em 1907 a Resp.'. Loj.' .Humanidade do Rito Moderno ou Francês adquire na sua plenitude os mesmos direitos das Lojas Masculinas do Grande Oriente Lusitano Unido.

Em 1923, Adelaide Cabete, V.'. M.'.da Resp.'. Loja.'. incompatibilizou-se e sai sendo então integradas no O.'.M.'.M.'.I.'. D. H.

Assiste-se a um hiato de falta de informação desde a Fundação até ao Século XX.

Em 1983 é instalada a Resp.'. Loja Unidade e Mátria, apenas com elementos femininos salientando-se a presença das Irmãs Maria Belo e Manuela Cruzeiro.
Em Maio de 1996, é criada a G.L.F.P com o apoio e reconhecimento da G.L.F.F.


Em Novembro de 2009, nasce em Portugal, a primeira Loja da Via Mista do Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim, designada Resp.'. Loja ISIS, a Or.'. de Lisboa e composta por Irmãos e Irmãs.

Nesta Resp.´. Loja pratica-se um Rito inspirado nos Rituais do Antigo Egito, com forte carga espiritualista e esotérica.

A Grande Loja Simbólica da Lusitânia é a Obediência Maçónica portuguesa da VIA MISTA do Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim, em Portugal tem fortes ligações ao Grande Oriente de França (maior Obediência Maçónica em Franca e da Maçonaria Liberal  em todo Mundo) trabalhando com Cartas Patentes desta Obediência, em Portugal.

Existem seis Lojas Maçónicas distribuídas por Lisboa, Porto, Covilhã e Faro.

Qual a importância da Maçonaria Feminina em Portugal e no Mundo ?

Sem dúvida que existem razões demasiadamente importantes que vinculam e unem as Mulheres Maçons que desenvolvem como grandes Obreiras que são, um trabalho exemplar apesar de árduo.

Mas o fato de ser Maçom implica desde o início uma vontade invulgar de trabalhar cada vez mais para se conseguir uma Sociedade mais Justa e Perfeita.

Trabalhar a pedra bruta até chegar à pedra polida é uma tarefa que só o verdadeiro Maçom consegue fazer com alegria e perfeição.


De entre os mais valiosos objetivos da Maçonaria Feminina constam os deveres de trabalhar a pedra bruta com rigor, defender a Justiça, a Fraternidade, Unidade, Igualdade, sendo também uma obrigação das Irmãs Maçons de criar os elos entre todas as Irmãs e todos os Irmãos Maçons.

Este aperfeiçoamento e exigência pessoal são valores de União entre todos os Irmãos.

Muitos são os motivos que geram a apetência para ingressar numa organização Maçónica, mas nem todos os que desejam integra- la reúnem os requisitos exigidos para fazerem parte desta Grande Família, por não conseguirem libertar-se dos vícios e das inúmeras imperfeições inerentes ao Ser Humano.

Importa, contudo referir que no mundo profano existem muitas pessoas cujo percurso meritório que desenvolvem, os valores (humanos, sociais e espirituais) que defendem reúnem os critérios de admissibilidade para poderem integrar as Obediências Maçónicas.

Desde que sejam Homem /Mulher Livre e de Bons Costumes, com Mérito reconhecido, liberto ambições profanas e com vontade de trabalhar e de adquirir Sabedoria, será efetivamente um excelente candidato à Maçonaria.

Todos sabemos que a ambição destrói o Homem e a Maçonaria.

A solidez dos valores éticos, da honestidade, da moral e dos valores que movem a causa maçónica, conduzem os Irmãos para o percurso do aperfeiçoamento individual e do melhoramento da comunidade onde se inserem.

Tido o maçom é um pedreiro, que trabalha para construir  os pilares da Virtude, da Justiça, da Harmonia e da Sabedoria, cuja dinâmica obriga a uma acção permanente de aperfeiçoamento e do conhecimento.

O Maçom está sempre desperto para  a necessidade de reflexão, da espiritualidade, do esotérico e da realização de obras exemplares cuja iniciativa tem a dignidade de um trabalho justo e perfeito, onde circula a alegria na realização das obras e dos projetos Maçónicos cujo esforço, sinergia e cooperação levam á criação e desenvolvimento de vários empreendimentos sociais, culturais e filantrópicos em que os resultados obtidos são premiados a Alegria e a Felicidade  que transmite à Sociedade em geral, pelo benefício que geram para o bem comum.

O Maçom é um trabalhador nato que constrói agindo permanentemente e mostrando ao Mundo a riqueza da sua obra espiritual, louvando as instituições que se dedicam a praticar o bem em prol da Humanidade

Chegamos ao momento da revelação das qualidades da Maçonaria Feminina, que irá unir todos os seus esforços e criar um novo projeto de Solidariedade, Beleza e Harmonia cujo impacto será centrado no Valor da Vida Humana e na Defesa de uma Sociedade exemplar mostrando ao Mundo que não é o poder económico muito menos a ambição que prolifera no mundo profano que trarão a Felicidade aos Homens.

A Fraternidade e a Solidariedade Social, será o pilar para construir um projeto grandioso que marque a Maçonaria Feminina em Portugal.

 

M.´.

 
 
JOOMLA TEMPLATES Joomla Templates By JoomlaBear